Dados do Ministério da Saúde atualizados hoje indicam que desde 01 de janeiro se registaram 18 mortes devido à febre dengue em todo o país, com um total de 1.035 casos, enquanto em todo o ano passado houve 11 mortes e 901 casos.

Em 2020 registaram-se 1.451 casos com 10 mortes, sendo que a taxa de mortalidade, que mede a percentagem de mortes por casos de doença é de 1,7, comparativamente com os 1,2 de 2021 e os 0,7 de 2020.

A maior fatia dos casos, quase 700, registam-se em Díli com cerca de metades desses na zona de Dom Aleixo.

Os dados mostram que continuam a ser os menores de 14 anos a ser os mais afetados, com 316 casos entre crianças dos 05 aos 14, 284 entre crianças de 01 a 04 anos e 50 entre menores de um ano.

O surto, que as autoridades admitem pode continuar durante os próximos meses, está a pressionar os recursos de saúde, especialmente em Díli, com centenas de pacientes em vários locais, incluindo espaços usados no passado para responder à covid-19.

A maioria dos casos em Díli (576) são de febre dengue, com 58 casos de febre hemorrágica e 64 de “síndrome de dengue choque”, sendo estas duas as situações mais graves.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.