A cirurgia de nove horas aconteceu no dia 24 de fevereiro e a paciente de 26 anos, cuja identidade não foi revelada, está estável, segundo comunicado divulgado pelo hospital.

O útero transplantado é de uma dadora que perdeu a vida horas antes da cirurgia..

São esperados mais detalhes sobre a operação durante uma conferência de imprensa com a equipa médica marcada para a próxima semana em Cleveland, Ohio.

No ano passado, a Cleveland Clinic começou a recrutar candidatas para transplantes de útero como parte de um teste clínico que tinha como objetivo oferecer o procedimento a 10 mulheres.

As mulheres potencialmente elegíveis para fazer o transplante teriam de sofrer de infertilidade por problemas no útero, um problema que afeta entre três a cinco por cento das mulheres.

A Universidade de Gotemburgo, na Suécia, conseguiu realizar o primeiro parto num útero transplantado em setembro de 2014.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.