“O que eu posso dizer é o seguinte: no dia 25 de dezembro, eu irei ao Hospital de São João, passar o dia de Natal com as crianças que lá estão”, afirmou Marcelo, que desta forma respondeu ao pedido de João Bragança.

O presidente da Acreditar pediu a Marcelo para interceder pelas crianças internadas na ala pediátrica daquele hospital, para que estas não passassem o Natal em “contentores indignos”, que funcionam há já 10 anos como instalações provisórias.

Esta foi a “forma simbólica” de Marcelo Rebelo de Sousa confirmar aos portugueses, em especial às famílias das crianças internadas com doença oncológica naquela instalação hospitalar, que o assunto “não está esquecido”.

Marcelo Rebelo de Sousa revelou estar “especialmente triste, porque há muitos anos, muitos anos, muitos anos, que não me lembro de passar o Natal sem estar com os meus filhos e os meus netos, e isso vai acontecer. Mas, de repente encontrei aqui tantos filhos e tantos netos que substituem os meus e tornam o meu Natal feliz”.

Fonte: PIPOP

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.