A série protagonizada por Alyssa Milano e Debby Ryan - e com estreia mundial marcada para 10 de agosto - apresenta a história de uma adolescente obesa alvo de bullying pelos seus colegas de turma. Depois de conseguir ficar magra, a jovem sonha com um objetivo: vingar-se.

A petição diz que a série estimula mulheres jovens a "julgar o seu valor a partir do corpo" e a "perpetuar não somente a toxicidade da cultura das dietas como também a objetificação do corpo feminino".

Vai começar uma dieta? 15 segredos sobre a perda de peso que ninguém comenta
Vai começar uma dieta? 15 segredos sobre a perda de peso que ninguém comenta
Ver artigo

"Ainda estamos em tempo de conseguir cancelar esta série que joga com as inseguranças das raparigas que acham que para serem felizes e valiosas têm que perder peso".

Atriz defende-se

Debby Ryan, que protagoniza a jovem que é alvo de bullying, defendeu a série na sua conta do Instagram. "Como alguém que se importa profundamente com a forma como os nossos corpos, especialmente os das mulheres, são humilhados e policiados na sociedade, estava empolgada em trabalhar no 'Insatiable? porque é uma série que aborda e confronta essas ideias através da sátira", escreveu Ryan.

A intenção da série, opinou, é "apontar o dedo aos que assediam e dizer 'que isso não está certo'". "Queremos mostrar os 'sistemas' prejudiciais e inadequados que equiparam a magreza a valor", continua, pedindo para que assistam à série antes de julgá-la.

À AFP, os porta-vozes da Netflix ainda não comentaram o caso.

A provedora de filmes e séries norte-americana esteve envolvida numa polémica há alguns meses por outra das suas séries, a "13 Reasons Why", que foi acusada de incentivar o suicídio em adolescentes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.