O GPEI é uma parceria público-privada cujo objetivo é erradicar definitivamente até 2026 a poliomielite, doença para a qual já existe uma vacina, mas que continua a ser endémica no Afeganistão e Paquistão.

Os compromissos financeiros anunciados por instituições privadas e governos vão apoiar os esforços globais para superar os obstáculos finais à erradicação da pólio, vacinar 370 milhões de crianças anualmente nos próximos cinco anos e continuar a vigilância da doença em 50 países, segundo o comunicado da Organização Mundial de Saúde (OMS).

“Nenhum lugar é seguro até que a pólio seja erradicada em todo o mundo. Enquanto o vírus ainda existir em algum lugar do mundo, ele pode-se espalhar – mesmo no nosso próprio país. Agora temos uma oportunidade exequível de erradicar completamente a pólio e queremos aproveitar essa oportunidade em conjunto”, disse Svenja Schulze, ministra da Cooperação e Desenvolvimento Económico da Alemanha.

“O poliovírus selvagem é endémico em apenas dois países – Paquistão e Afeganistão. No entanto, depois de apenas seis casos terem sido registados em 2021, mais 29 foram registados até agora este ano, incluindo um pequeno número de novas deteções no sudeste de África (Moçambique e Maláui) ligadas a uma cepa originária do Paquistão”, acrescenta a OMS.

A OMS alerta no comunicado que surtos de cVDPV, variantes do poliovírus que podem surgir em locais onde não há pessoas suficientes imunizadas, “continuam a espalhar-se por partes da África, Ásia e Europa, com novos surtos detetados nos Estados Unidos, Israel e Reino Unido em últimos meses”.

“As novas deteções de pólio este ano em países anteriormente livres da pólio são um forte alerta de que, se não cumprirmos o nosso objetivo de acabar com a pólio em todos os lugares, ela pode ressurgir globalmente”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS.

“Estamos gratos pelo novo e contínuo apoio dos doadores à erradicação, mas há mais trabalho a fazer para financiar totalmente a Estratégia 2022-2026. Devemos recordar os desafios significativos que superamos para chegar tão longe contra a pólio, manter o rumo e terminar o trabalho de uma vez por todas”, vincou.

Desde o seu lançamento em 1988, a GPEI ajudou a reduzir os casos de poliomielite em mais de 99% em todo o mundo e evitou mais de 20 milhões de casos de paralisia, disse a fundação em comunicado divulgado domingo, primeiro dia de trabalhos da cimeira.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.