Uma espécie de mosquito que é potencialmente transmissora do vírus da febre dengue foi identificada pela primeira vez em Portugal, na região Norte do país.

De acordo com a especialista da DGS Paula Vasconcelos, esta espécie (Aedes albopictus), de origem asiática, tem sido detetada em vários locais na Europa ao longo dos últimos anos.

Em Portugal foi detetada num conjunto de amostras recolhido pelo sistema de vigilância nacional de vetores (mosquitos).

Segundo a especialista da DGS, “não há nenhuma indicação” de que o mosquito encontrado esteja infetado com qualquer agente biológico. “Não temos informação de que o mosquito esteja infetado para qualquer doença que possa afetar a saúde humana”, afirmou à agência Lusa.

Também a nível da europa, esta espécie tem sido encontrada mas até ao momento não foram reportadas doenças humanas relacionadas com a sua presença.

O facto de se ter encontrado esta espécie não significa, segundo a especialista da DGS, que haja qualquer invasão.

Aliás, Paula Vasconcelos considerou que “não é uma situação inesperada”, uma vez que a avaliação do risco feita a nível europeu tem apontado para a presença deste mosquito.

A DGS adianta que até ao momento “não há indícios de risco acrescido para a saúde da população”.

Os trabalhos de monitorização e avaliação da situação são da competência dos serviços de saúde pública de nível regional e local da região Norte, em articulação com as autoridades centrais. “O diretor-geral da Saúde e o presidente do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge continuarão a informar a população da evolução e das medidas tomadas”, acrescenta uma nota hoje emitida.

Veja ainda: A mordedura destes 10 animais pode matá-lo em minutos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.