"Nas últimas 24 horas, foram testados 41 casos e todos foram negativos. Portanto, continuamos com um registo de sete casos, dos quais seis são importados e um é de transmissão local", declarou Rosa Marlene, diretora de Saúde Pública, no balanço do Ministério da Saúde, em Maputo.

Os sete indivíduos que contraíram a infeção estão em quarentena domiciliar, com acompanhamento das autoridades de saúde.

Os doentes tiveram contacto com um total de 96 pessoas, que também estão em quarentena domiciliar.

A diretora de Saúde anunciou na ocasião que o Ministério da Saúde de Moçambique recebeu 20 mil testes, 100 mil máscaras e 100 ‘kits’ de proteção individual para os profissionais de saúde, material doado por organizações não-governamentais.

"Esta doação é importante tendo em conta os parcos recursos que temos", afirmou Rosa Marlene, que reiterou o pedido de reforço das medidas de prevenção.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou cerca de 540 mil pessoas em todo o mundo, das quais morreram perto de 25 mil.

Dos casos de infeção, pelo menos 112.200 são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Vários países adotaram medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena e o encerramento de fronteiras.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.