Maratona de Nova Iorque angaria apoios para esclerose lateral amiotrófica

O português Pedro Castro vai desafiar os atletas que vão participar a 2 de novembro na Maratona de Nova Iorque a fazerem um donativo para a Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica.

Em comunicado, o maratonista explica que pretende “desafiar os atletas parceiros da Run with Castro, inscritos na Maratona de Nova Iorque, a fazerem um donativo mínimo de 10 euros para a Associação Portuguesa de Esclerose Lateral Amiotrófica (APELA)” acrescentando que o ‘team’ Run with Castro desafiará outros potenciais interessados, particulares ou empresas, a fazerem donativos para a APELA.

“Esta é, de certo modo, a nossa interpretação do ‘Ice Bucket Challenge’.Queremos continuar a chamar a atenção para esta causa e agora que a maratona nos possibilita precisamente regressar aos Estados Unidos, faz todo o sentido atualizar este desafio de canalizar apoios para a APELA”, refere Pedro Castro.

Paralelamente, e também por ocasião da Maratona de Nova Iorque a Run with Castro vai promover uma marcha contra a Esclerose Múltipla, em apoio à Sociedade Portuguesa de Esclerose Múltipla (SPEM), a qual terá lugar na prova que antecede a maratona nova-iorquina.

Pedro Castro vai regressar à maratona de Nova Iorque, depois de em 2012 ter sido impedido de correr devido ao furacão Sandy.

Foi precisamente devido a esse imprevisto, que Pedro Castro, de 40 anos, fundou a Run With Castro tendo, então, decidido correr sempre por uma causa social.

Recentemente, no âmbito da sua participação no Ironman de Klagenfurt, na Áustria, Pedro Castro angariou 13 mil euros para a Associação Acreditar, verba que permitiu levar 13 crianças com cancro à EuroDisney.

artigo do parceiro: Nuno Noronha

Comentários