Para o presidente da autarquia, o programa "tem evoluído no sentido de ter maior oferta", englobando um conjunto de parceiros ligados aos cuidados de saúde que "ajudam a consciencializar a população para os problemas a que está sujeita".

"Queremos contribuir para aumentar a qualidade de vida e bem-estar da população do concelho", disse hoje Raul Castro.

O programa compreende rastreios, formações, conferências, ações de sensibilização e é alargado a toda a população do concelho de Leiria, decorrendo não só na cidade mas também em algumas freguesias.

Segundo o presidente da câmara, o programa já chegou "a milhares de utentes", conseguindo assim "mais prevenção e melhores cuidados".

Mas, sublinha Raul Castro, "não é um projeto imediatista". "É um projeto que se vai prolongar ao longo dos anos e os resultados ditarão novas componentes do projeto".

O programa de Leiria Tem Saúde contempla rastreios aos fatores de risco cardiovasculares, apoio a vítimas de AVC, palestras sobre saúde pública, formação dirigida a bombeiros e cuidadores, ‘workshops’ sobre perturbações do desenvolvimento, avaliação e registo de diabetes e obesidade junto da população escolar, prevenção de comportamentos aditivos e dependências e ações de promoção da qualidade de vida e sucesso escolar.

Na Leiria Tem Saúde, o município de Leiria conta com a parceria da Associação Portuguesa de AVC, Centro Hospitalar S. Francisco, Escola Superior de Saúde de Leiria, Associação da Carlotazinha e Agrupamento de centros de saúde Pinhal Litoral.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.