10 de dezembro de 2013 - 11h01

No Dia da Universidade do Algarve, celebrado na quarta-feira, vai ser lançada oficialmente a primeira pedra para o edifício destinado a acolher o curso de Medicina e vão ser plantadas 50 árvores para repor os pinheiros cortados para aquela obra.

A construção do edifício para o curso de Medicina na Universidade do Algarve (UALg) arrancou, na prática, já no final do mês de outubro passado e estima-se que a empreitada, que ronda os 2,1 milhões de euros de investimento, esteja concluída no verão de 2015, disse à Lusa o reitor, João Guerreiro.

O novo edifício está a ser construído no campus das Gambelas, em Faro, perto do Parque Natural da Ria Formosa, com a mesma traça arquitetónica do que os restantes edifícios do campus.

O secretário de Estado do Ensino Superior, João Ferreira Gomes, vai deslocar-se à UALg para visitar a instituição e participar na cerimónia de lançamento oficial da primeira pedra na ala norte do Edifício 2, marcada para as 12:00, informou o gabinete de comunicação da academia.

O Dia da Universidade do Algarve é também assinalado com uma sessão pública de entrega de 38 bolsas de excelência, atribuídas aos melhores alunos que se matricularam pela primeira vez no 1.º ano no ano letivo de 2013/2014.

As 38 bolsas, patrocinadas por 33 empresas, vão ser entregues a partir das 17:30, no Grande Auditório de Gambelas, e vão permitir pagar integralmente a propina do 1.º ano de licenciatura e/ou mestrado integrado.

A UAlg, academia pública criada em 1979, tem perto de nove mil alunos e 807 professores.

Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.