O Cartão de Emergência não substitui um documento de identificação oficial, mas pretende funcionar como uma fonte de informação adicional que contém dados específicos como medicação, alergias, doenças atuais ou até informação sobre as Autoridades dos países de origem dos cidadãos, para situações em que se revele necessário estabelecer um contacto direto.

card

Em colaboração com a Guarda Nacional Republicana (GNR), a Polícia de Segurança Pública (PSP) e o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), a Associação Safe Communities Portugal pretendeu desta forma dar resposta a uma necessidade identificada pela comunidade estrangeira em Portugal, disponibilizando num único documento dados pessoais e de saúde que podem ser úteis às equipas médicas e às Autoridades numa situação de emergência.

"O documento está disponível para download nas páginas na internet da Safe Communities Portugal, do INEM e das forças de segurança (PSP e GNR), e vai ser dado a conhecer às comunidades estrangeiras em Portugal através das respetivas embaixadas", explica o INEM em comunicado.

Os cidadãos interessados podem assim descarregar o cartão em formato pdf. nas páginas destas instituições, preencher com os dados que entenderem adequados, recortar e plastificar o documento para que possa estar sempre na sua posse. No entanto, ter o cartão não é obrigatório. Saiba aqui como preencher.

Outras informações

A Safe Communities Portugal é uma Instituição de utilidade pública que oferece um “balcão único” de informação sobre prevenção da criminalidade, disponível a todos os membros da comunidade. O objetivo é promover comunidades mais seguras, reforçar a sensibilização para a questão da segurança e reduzir o risco de alguém se tornar vítima de criminalidade. A associação efetua este trabalho através de um conjunto de objetivos específicos que abrangem o envolvimento das Autoridades e do público, a comunicação e a sensibilização e o apoio público no combate à criminalidade.

Estes são os 15 problemas de saúde mais embaraçosos
Estes são os 15 problemas de saúde mais embaraçosos
Ver artigo

A Guarda Nacional Republicana é uma força de segurança de natureza militar, constituída por militares organizados num corpo especial de tropas e dotada de autonomia administrativa. Tem por missão, no âmbito dos sistemas nacionais de segurança e proteção, assegurar a legalidade democrática, garantir a segurança interna e os direitos dos cidadãos, bem como colaborar na execução da política de defesa nacional, nos termos da Constituição e da lei.

A Polícia de Segurança Pública é uma força de segurança, uniformizada e armada, com natureza de serviço público e dotada de autonomia administrativa. Tem por missão assegurar a legalidade democrática, garantir a segurança interna e os direitos dos cidadãos, nos termos da Constituição e da lei.

O Instituto Nacional de Emergência Médica é o organismo do Ministério da Saúde responsável por coordenar o funcionamento, no território de Portugal Continental, de um Sistema Integrado de Emergência Médica, de forma a garantir aos sinistrados ou vítimas de doença súbita a pronta e correta prestação de cuidados de saúde. Através do Número Europeu de Emergência – 112, este Instituto dispõe de múltiplos meios para responder a situações de emergência médica.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.