Bento Morais disse à Lusa que as restantes 33 camas estão reservadas para cuidados continuados de média duração e reabilitação.

“Para estas 33 camas, já temos acordo com a Administração Regional de Saúde do Norte, que vai agora ser renovado. Para as camas dos cuidados paliativos, estamos à espera da assinatura do acordo”, acrescentou.

As duas unidades significaram um investimento próximo dos 3 milhões de euros.

Recorde-se que o hospital da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde sofreu obras “profundas” de remodelação e ampliação, inauguradas em meados de 2015 após um investimento de oito milhões de euros.

Com as obras, o hospital cresceu de 3800 para 12 mil metros quadrados, o que, além das 50 camas de cuidados continuados, permitiu também criar uma maternidade, imagiologia, um novo bloco operatório e outras valências.

Por dia, o hospital atende, em média, cerca de 700 utentes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.