Ao todo, os hospitais reportaram 565 773 operações, um número recorde. Desde a criação do Sistema Integrado de Gestão de Inscritos em Cirurgia (SIGIC), registou-se aumento de 63% no número de cirurgias, escreve o jornal "i".

Sobre as listas de espera, os últimos dados são do primeiro semestre de 2015. Na altura estavam à espera para cirurgia 192 630 pessoas, um número que aumentou sucessivamente desde a chegada da troika em 2011. No final desse ano, havia 166 mil pessoas à espera.

O Algarve tem o maior tempo de espera: em média, os doentes esperam 4,35 meses por operação. O melhor desempenho surge na região Norte, com 2,66 meses.

A espera é maior nas especialidades de ortopedia, cirurgia geral e oftalmologia.

Leia também: As frases mais ridículas ouvidas pelos médicos

Leia aindaBrincar com “mortos-vivos” para aprender a ser cirurgião

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.