Segundo um estudo da consultora britânica Technavio, o mercado global de estética masculina está a crescer de forma constante, prevendo que até 2021 ocorrerá uma procura acima de 7% face a 2016.

De acordo com a análise agora divulgada, um dos principais impulsionadores para este mercado são os procedimentos cosméticos não-cirúrgicos.

Segundo a consultora, em 2016, o segmento de procedimentos não-cirúrgicos dominou o mercado da estética masculina e foi responsável pela maioria da quota de mercado a nível mundial. "Fatores como um menor tempo de recuperação, ausência de dor ou dor ligeira, riscos reduzidos ao nível de efeitos colaterais e uma maior taxa de precisão são também dos motivos que justificam o aumento do interesse dos homens face a procedimentos estéticos não-cirúrgicos", João Lima Gabriel, médico especialista em medicina estética.

Segundo o clínico, "a procura por tratamentos estéticos por parte de pacientes do sexo masculino é crescente de ano para ano. O homem urbano está cada vez mais preocupado com a sua aparência e com a imagem que projeta para os seus pares".

O médico destaca que os tratamentos mais procurados pelos homens são o botox e o preenchimento, procedimentos que reparam os traços da passagem de tempo, deixando o rosto com um aspeto mais jovem.

Para o corpo, principalmente para eliminar as gorduras mais difíceis e localizadas, os pacientes do sexo masculino têm optado por alternativas não cirúrgicas com elevados níveis de eficácia e pouco tempo de recuperação. "São técnicas novas que eliminam a gordura através de um sistema de congelação e permitem esculpir o contorno corporal e reduzir a gordura de forma seletiva, sem anestesia, nem cortes ou cicatrizes", acrescenta o médico João Lima Gabriel.

Veja aindaEstes 10 alimentos devolvem-lhe 10 anos de vida (no mínimo)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.