A notícia é avançada pela edição impressa desta sexta-feira do Jornal de Notícias.

Por uma escala de 24 horas seguidas no serviço de urgência, estes profissionais de saúde, vulgarmente designados de tarefeiros, recebem 1200 euros.

Se fizerem quatro urgências num mês recebem o mesmo que um chefe de serviço no topo de carreira por um mês de trabalho.

De acordo com o referido jornal, o Centro Hospitalar do Algarve por exemplo está a contratar para o hospital de Portimão e de Faro ginecologistas a 50 euros à hora, quase o dobro do valor de referência estipulado pelo Ministério da Saúde.

O diário adianta que também o Hospital Fernando da Fonseca (Amadora-Sintra) e o Hospital Distrital de Santarém estão a recrutar médicos anestesistas por valores semelhantes.

Leia também: As frases mais ridículas ouvidas pelos médicos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.