Investigadores da Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, dizem que as pessoas casadas têm níveis mais reduzidos da hormona do stress, chamada cortisol, do que as pessoas solteiras ou divorciadas.

Para o estudo, a equipa de cientistas recolheu amostras de saliva de 572 adultos saudáveis com idades entre os 21 e os 55 anos em três dias não consecutivos. A análise das amostras revelou que nos três dias do estudo os participantes casados apresentavam níveis de cortisol inferiores aos dos participantes que não eram casados ou divorciados.

Durante o análise, os cientistas compararam ainda as variações nos níveis de cortisol, uma hormona que atinge o seu pico ao acordar e que tende a diminuir ao longo do dia.

Essa diminuição rápida do cortisol, uma hormona produzida pela glândula suprarrenal e secretada a partir de um estímulo de stress, é um padrão associado a melhores condições de saúde, como o menor risco de doenças cardíacas e uma taxa maior de sobrevivência entre os doentes de cancro. "É entusiasmante descobrir um padrão fisiológico que pode ajudar a explicar como as relações influenciam a saúde e as doenças", referiu Brian Chin, um estudante do departamento de psicologia da faculdade, e coautor da investigação.

De acordo com Sheldon Cohen, outro dos autores da pesquisa, as pessoas casadas tiveram também uma descida mais rápida dos níveis de cortisol.

Os cientistas recordam que estudo prévios mostram que o stress prolongado está associado a níveis de cortisol mais elevados, o que prejudica a capacidade do organismo regular os processos inflamatórios que dão origem a várias doenças.

Veja ainda13 truques (diários) para combater o stress

Saiba maisAs imagens de um casamento gay que é um conto de fadas

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.