De acordo com fontes médicas citadas pela agência France Presse, um enfermeiro morreu hoje em Bamaco, capital do Mali, depois de ter prestado cuidados a um paciente da Guiné Conacri.

Este é o segundo caso declarado de Ébola no Mali. O primeiro foi o de uma menina maliana de dois anos, que morreu a 24 de outubro, depois de ter estado na Guiné-Conacri.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, até ao dia 02 de novembro foram registados 13.042 casos de Ébola em oito países e 4.818 vítimas mortais.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.