O navio de cruzeiro "Costa Atlântica", que está desde janeiro no porto de Nagasaki, conta apenas com 623 membros da tripulação a bordo.

Depois de o operador do navio, o grupo italiano Costa Cruzeiros, ter dado o alerta no domingo por suspeita de casos de COVID-19, todo o pessoal está a ser submetido a testes. O procedimento deve terminar este sábado.

Até ao momento, apenas um membro do pessoal foi hospitalizado e está a ser ventilado. O restante pessoal apresenta sintomas relativamente leves.

As autoridades locais trabalham com o governo japonês para repatriar quem der negativo para o teste.

O Japão foi muito criticado pela sua gestão de um surto de infeções de coronavírus a bordo de outro cruzeiro, o "Diamond Princess", que chegou no início de fevereiro ao porto de Yokohama (sudoeste de Tóquio).

Das cerca de 3.700 pessoas a bordo, mais de 700 ficaram infetadas, e 13 faleceram.

O país conta com 12.388 infetados e 317 mortos desde o começo da pandemia, mas o número de casos está aumentando rapidamente nas últimas semanas.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.