O estudo "Antropometria, Ingestão e Balanço Energético em Espanha" (ANIBES) levado a cabo pela Fundação Espanhola de Nutrição (FEN) com um comité científico de especialistas centrou-se na identificação de padrões de estilos de vida e padrões alimentares da população menor de idade (9 a 17 anos).

Neste sentido, foram identificados quatro diferentes padrões de alimentação, entre os quais se destaca o padrão "mediterrânico", pela sua proximidade com a dieta mediterrânica tradicional.

"Caracteriza-se pela predominância de vegetais, azeite, peixe, frutas, iogurte, leite fermentado e água e uma menor ingestão de outros alimentos e bebidas, carnes processadas, molhos, doces, bebidas açucaradas e suplementos alimentares", explica Carmen Pérez-Rodrigo, presidente da Sociedade Espanhola de Nutrição Comunitária (SENC), que estava encarregue de dirigir esta parte do trabalho dentro do estudo científico ANIBES.

"Também foram identificados outros padrões como o denominado 'aperitivos', caracterizado por um elevado aporte de pão, carnes processadas e queijo. O padrão ‘massa’, centrado numa elevada ingestão de massas, molhos e temperos, assim como produtos de padaria mas com baixo consumo de legumes", continua Pérez-Rodrigo.

"Por último, existe outro padrão de alimentos denominado leite e alimentos açucarados caracterizado pela elevada quantidade de leite, açúcar, alimentos açucarados e suplementos alimentares".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.