A partir das 5h de amanhã, Caracas e os estados de Miranda, Vargas, Zulia, Táchira, Apure e Cojedes suspendem as suas atividades, salvo aquelas que envolvam a distribuição de alimentos, segurança policial e militar, e serviços de saúde e transporte, anunciou Maduro ao pronunciar-se na televisão: "Não são férias coletivas. É uma quarentena, que necessita de grande disciplina social, um grande autocontrole", assinalou o presidente socialista.

Esta quarentena parcial soma-se à proibição de voos vindos da Europa, Colômbia, República Dominicana e Panamá anunciada pelo governo nos últimos dias, bem como à suspensão de aulas e atividades desportivas.

Este domingo, foram registados sete novos casos de Covid-19, aumentando o número de infectados no país para 17, disse Maduro, afirmando que "todo o vírus foi importado".

Argentina fecha fronteiras e suspende aulas por coronavírus

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou em conferência de imprensa, na noite deste domingo, a suspensão das aulas e o encerramento das fronteiras do país, ambas as medidas até 31 de março, para frear o novo coronavírus.

"Fechamos as fronteiras da Argentina", disse Fernández, assinalando que a medida vale apenas para quem entra. Não há bloqueio de saídas do território nacional.

Acompanhe aqui, ao minuto, todas as informações sobre o novo coronavírus em Portugal e no mundo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.