“Dos 42 utentes, 34 estão com covid-19 e cinco funcionárias também contraíram a doença”, afirmou Joaquim João Pereira.

Segundo este responsável, os utentes, que “não tiveram sintomas nos primeiros dias”, estão “todos bem-dispostos”, não se encontrando ninguém hospitalizado.

O provedor adiantou que as cinco funcionárias que testaram positivo para o novo coronavírus “estão em casa e estão bem”, havendo outras duas que estão em isolamento profilático.

Na UCC da Santa Casa da Misericórdia da Marinha Grande, inaugurada em novembro de 2020, trabalham 43 pessoas, acrescentou.

Já no lar do Outeirinhos da Misericórdia, de sete utentes inicialmente infetados com covid-19, permanecem dois, a que se somam duas funcionárias, esclareceu Joaquim João Pereira.

Quanto ao lar das Vergieiras, onde um surto de covid-19 no final de 2020 contagiou 14 utentes, quatro dos quais morreram, e 13 funcionárias, há neste momento quatro trabalhadoras infetadas, acrescentou Joaquim João Pereira.

De acordo com o último boletim da Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, o concelho da Marinha Grande regista, desde o início da pandemia, em março do ano passado, 905 casos do novo coronavírus, mantendo-se 221 ativos.

No mesmo período, 661 pessoas recuperaram da doença, havendo ainda 23 óbitos.

Em Portugal, morreram 8.543 pessoas dos 528.469 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.