O Covid-19 tem uma taxa de mortalidade de 2,3% mas, para doentes acima dos 80 anos, essa percentagem sobe para os 14,8%, avança um novo estudo levado a cabo pelo Centro Chinês de Controlo e Prevenção de Doenças. Depois de analisar 44.672 casos, que resultaram em 1.023 mortes, os investigadores asiáticos que assinam o relatório final do documento concluíram que 80% dos infetados com coronavírus apresenta, no entanto, uma sintomatologia moderada.

De acordo com os especialistas, a maior parte das vítimas mortais já tinha mais de 50 anos. Apesar de contabilizarem perto de 20.000 casos confirmados de infetados pelo vírus em pacientes com menos de 49 anos, na fase de investigação apenas 64 morreram por causa do Covid-19. "Não se registaram mortes em crianças até aos 9 anos, apesar de existirem 416 casos confirmados [à época da análise]", sublinham, ainda, os autores deste estudo internacional.

"Estes dados permitem-nos compreender melhor a faixa etária das pessoas infetadas, o grau de perigosidade e a taxa de mortalidade do coronavírus", elogiou já publicamente Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial de Saúde. Nas últimas horas, Itália, o país europeu que regista mais casos de infeção pelo novo coronavírus, anunciou a sétima morte, a quarta confirmada esta segunda-feira. O Irão, outro dos focos preocupantes, já contabiliza 12.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.