"O impacto da pandemia gera acrescidas necessidades especiais de proteção das mulheres, crianças e adultos vulneráveis, num contexto em que o aumento da violência e o aparecimento de novas formas de agressividade social há muito vêm pressionando para a sua expressividade em termos quantitativos e qualitativos", disse Lucília Gago.

Para a PGR, existem "sintomas incontornáveis de degradação que condicionam de modo silencioso e insidioso os vínculos de integração e de comunicação".

Lucília Gago falava durante a conferência internacional "Justiça, Igualdade de Género", promovida pela Associação Sindical dos Juízes Portugueses no âmbito do Dia Internacional da Mulher que hoje se assinala.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.