“O Ministério dos Negócios Estrangeiros tem conhecimento da presença dos oito nacionais, tripulantes, no navio retido em Nagasaki, no Japão”, referiu fonte oficial da tutela à agência Lusa, acrescentando que “a situação está a ser acompanhada pela Embaixada de Portugal em Tóquio”.

A SIC avançou que oito portugueses, dois dos quais infetados com o novo coronavírus, que origina a doença covid-19, estão desde janeiro retidos no navio de cruzeiro Costa Atlântica, de bandeira italiana, atracado em Nagasaki.

Segundo aquela estação de televisão, dentro do navio estão 623 pessoas, tendo mais cem testado positivo para a covid-19.

As 623 pessoas, todos tripulantes, já foram todas testadas e mais de cem deram positivo.

Os portugueses são funcionários de uma empresa de manutenção que disse à SIC estar em contacto com o Governo japonês e que ainda não há data para o regresso dos cidadãos portugueses.

A SIC refere ainda que o navio deveria ter atracado na China para fazer a manutenção em terra, mas que teve que seguir para o Japão devido à pandemia da covid-19, onde acabou por ficar desde janeiro.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 204 mil mortos e infetou mais de 2,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Perto de 800 mil doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 903 pessoas das 23.864 confirmadas como infetadas, e há 1.329 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.