O Misau adianta que os novos casos resultam de 2.070 casos suspeitos testados entre sexta-feira e sábado, dos quais 1.978 foram negativos.

Com os casos testados nas últimas 24 horas, o país eleva o número de pessoas submetidas a testes de covid-19 para cerca de 199 mil, desde o anúncio da primeira infeção, em 22 de março último.

No balanço que divulgou hoje, o Misau anunciou ainda que 306 pessoas recuperaram totalmente da covid-19 em Moçambique, subindo o número total de pessoas nessa condição para 11.581.

O país conta com 1.893 casos ativos de covid-19.

Um cumulativo de 506 pacientes de covid-19 está internado em Moçambique, dos quais 63 estão internados nos centros de internamento 19 e noutras unidades hospitalares.

Do total de internados, 92% se encontram na cidade de Maputo.

“Os pacientes internados padecem de patologias crónicas diversas, sendo que as mais frequentes são a hipertensão arterial e as diabetes”, refere a nota do Misau.

Nas últimas 24 hora, o país registou duas altas hospitalares e sete novos internamentos, avança o comunicado.

A cidade de Maputo tem o maior número de casos ativos, 1.490, seguida da província de Cabo Delgado, 191, e da província de Maputo, 50.

As restantes províncias do país têm menos de 50 casos, cada.

O país já rastreou pouco mais de 2,8 milhões de pessoas para a covid-19 e desse número 51.821 foram submetidas a quarentena domiciliar, incluindo 6.892 que ainda se encontram nessa condição.

Estão em seguimento 2.957 contatos de casos positivos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.