“A situação de não vacinado, neste momento, é uma situação muito perigosa”, afirmou o governante madeirense, esclarecendo que, dos 27 doentes com covid-19 atualmente hospitalizados na região, 60% não tomou a vacina contra o vírus.

Miguel Albuquerque, que falava à margem de uma visita a uma empresa no ramo imobiliário, no Funchal, indicou que as novas medidas de contenção da pandemia serão anunciadas na quinta-feira.

“Os casos estão a crescer em toda a Europa, também no nosso país, e nós aqui vamos ter de tomar algumas medidas, não de encerramento [de atividades], mas de controlo, para evitar a proliferação de infetados”, reforçou.

Nas últimas semanas, a Madeira tem registado uma média diária de 50 novos casos de covid-19 e também um aumento do número de óbitos associados à doença.

O presidente do Governo Regional adiantou que algumas das medidas serão penalizadoras para os não vacinados, sendo que a taxa de inoculação contra o SARS-CoV-2 na Madeira é atualmente de cerca de 85%.

“Temos pessoas que teimam reiteradamente em não levar a vacina”, disse. E advertiu: “60% dos internados, neste momento, no hospital, são pessoas que não se vacinaram, algumas delas novas. Já tivemos óbitos de pessoas que diziam que a vacina era uma invenção do ‘Big Brother’ para lhes controlar a vida. Já morreram alguns desses, ao contrário das [suas] famílias, que foram vacinadas”.

Miguel Albuquerque explicou que algumas das novas medidas passam por restrições ao nível dos lares de terceira idade, serviços de saúde e administração pública, bem como pelo reforço do controlo nos portos e aeroportos do arquipélago, mas garantiu que as atividades económicas não vão encerrar, nem mesmo os estabelecimentos de diversão noturna.

“Temos de continuar a insistir na vacinação de toda a gente”, reforçou.

De acordo com os dados mais recentes da Direção Regional da Saúde, o arquipélago da Madeira, com cerca de 251 mil habitantes, regista 407 casos ativos de covid-19, num total de 12.804 confirmados desde o início da pandemia, e 83 óbitos associados à doença.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.