Segundo as autoridades italianas, mais de 12,7 milhões de pessoas já receberam as duas doses de vacina e encontram-se imunizadas, o que representa 23,48% da população maior de 12 anos do país.

Na última semana, as autoridades de saúde administraram em todo o país uma média de 500 mil doses por dia e na quinta-feira foram inoculadas 550 mil pessoas.

Desde esse dia, as regiões italianas têm a liberdade, caso assim o entendam, para administrar as vacinas a toda a população, sem divisão por faixas etárias e a partir dos 12 anos, para dar um impulso à campanha de vacinação e preparar o novo ano escolar.

Algumas regiões, como a Lombardia, Véneto, Campânia e Calábria, aceitam já reservas de maiores de 12 anos, enquanto outras como Lácio, onde se situa a capital Roma, mantêm a ordem por faixas etárias.

O presidente do Conselho Superior de Saúde, Franco Locatelli, disse na sexta-feira, em declarações ao jornal “La Repubblica” que é essencial que os italianos continuem a respeitar as medidas de prevenção dos contágios, abrindo a possibilidade de começar a discutir em julho o fim da obrigatoriedade do uso de máscara em espaços públicos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.