Israel foi um dos primeiros países a lançar campanhas de vacinação em massa contra o coronavírus paraa  sua população.

No verão passado, as autoridades começaram a aplicar doses de reforço e desde então o governo aprovou a quarta dose para pessoas idosas e grupos da vulneráveis.

Nesta quarta-feira, o titular do Ministério da Saúde, Nachman Ash, anunciou que todas as pessoas imunodeprimidas e os trabalhadores da linha de frente maiores de 18 anos poderão tomar a quarta dose.

Mais de 600.000 cidadãos israelitas de uma população total de 9,4 milhões de habitantes receberam a quarta dose da vacina, segundo dados do Ministério da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.