A porta-voz do Ministério da Saúde, Sima Lari, informou que nas últimas 24 horas morreram 175 pessoas, o que elevou o número total de óbitos no Irão devido à pandemia para 25.015.

Desde quarta-feira, os contágios registados foram 3.521, um dos maiores números desde o início da pandemia, em fevereiro, no país que atravessa nova vaga da doença.

Desde então, já foram infetadas 436.319 pessoas, das quais 367.729 recuperaram e 3.957 estão hospitalizadas, segundo os dados do Ministério da Saúde.

O Presidente iraniano, Hasan Rohaní, culpou esse aumento de casos nas viagens feitas durante o verão, deslocações desnecessárias nas cidades, multidões nos transportes públicos e o não cumprimento dos protocolos de saúde por parte dos cidadãos.

Por esta razão, apelou à imposição de sanções “àqueles que continuam a iludir os protocolos de saúde e que colocam em risco a sua saúde e da sociedade”.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 971.677 mortos e mais de 31,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.