De acordo com o Ministério da Saúde espanhol, há 3.045 novos infetados, um número que volta a baixar e que é o mais baixo das últimas semanas, sendo agora o total de pessoas que contraíram a doença de 172.541.

As autoridades de Saúde alertam para o que chamam “efeito de fim-de-semana”, que leva alguns casos verificados no sábado e no domingo a serem comunicados com atraso, sublinhando que estes números não põem em causa “tendência descendente iniciada”.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da COVID-19, já provocou mais de 117 mil mortos e infetou quase 1,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios. Dos casos de infeção, cerca de 402 mil são considerados curados.

Depois de surgir na China, em dezembro, o surto espalhou-se por todo o mundo, o que levou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a declarar uma situação de pandemia.

Em Portugal, segundo o balanço feito na segunda-feira pela Direção-Geral da Saúde, registam-se 535 mortos de COVID-19. Dos infetados, 1.187 estão internados, 188 dos quais em unidades de cuidados intensivos, e há 277 doentes que já recuperaram.

Portugal, onde os primeiros casos confirmados foram registados no dia 02 de março, encontra-se em estado de emergência desde de 19 de março e até ao final do dia 17 de abril.

Como proteger as mãos das lavagens frequentes?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.