A presidente da Câmara de Arraiolos, Sílvia Pinto, indicou que os novos casos da doença provocada pelo novo coronavírus SARS-CoV-2 são o de uma pessoa da família dos oito primeiros infetados e o de outra da comunidade.

Segundo a autarca, estes dez casos positivos em Vimieiro dizem respeito aos dados até ao final do dia de sábado, 25 de julho, e refletem os cerca de 50 testes à COVID-19 que foram feitos, nos últimos dias, e cujo resultado já é conhecido.

Nesta vila do distrito de Évora, alguns cafés e restaurantes e equipamentos para crianças da Santa Casa da Misericórdia de Vimieiro (SCMV) encontram-se fechados, por precaução, depois de oito pessoas terem testado positivo para a COVID-19.

A SCMV anunciou que também vai suspender as visitas aos utentes do seu lar de idosos, a partir de segunda-feira e por tempo indeterminado, em coordenação com as autoridades de saúde e o Centro Distrital de Évora da Segurança Social.

No sábado, foram realizados mais 20 testes a pessoas que estiveram em contacto com os infetados, adiantou a autarca de Arraiolos, referindo que ainda não possui informação sobre os respetivos resultados.

Sílvia Pinto precisou que do surto de Vimieiro encontram-se internadas no Hospital do Espírito Santo de Évora (HESE) três pessoas, mais uma do que na sexta-feira, todas elas “idosas e com histórico de problemas de saúde”.

Portugal contabiliza pelo menos 1.717 mortos associados à covid-19 em 50.164 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.