“É claro que a situação [da pandemia de covid-19] continua difícil. Contudo, estou certo de que finalmente vemos luz no fim do túnel. Agora temos as ferramentas e condições certas para garantir uma reabertura segura da época do turismo”, frisou o responsável, na sessão de abertura do Fórum de Alto Nível sobre Sustentabilidade e Turismo, organizado pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia (UE).

Entre essas ferramentas, Thierry Breton, responsável pelo grupo de trabalho sobre a estratégia de vacinação da UE, destacou o “aumento considerável da capacidade produtiva” de vacinas, que o leva a crer que “em meados de julho” serão entregues “doses suficientes para vacinar 70% da população” da UE.

O certificado verde digital, o documento que visa facilitar a circulação no interior da UE atestando a imunização ou testagem negativa para a covid-19, permitirá também garantir a segurança do turismo, apontou o comissário.

“O Parlamento Europeu e o Conselho [atualmente presidido por Portugal] estão agora prontos para finalizar as negociações sobre o certificado até ao final do mês de maio. E estou confiante de que sim, conseguiremos tê-lo pronto para o verão”, salientou Breton.

Mas “a recuperação total do ecossistema turístico ainda vai demorar”, advertiu o comissário, apontando para a necessidade de “pensar além do verão”.

Por isso, os negócios do turismo devem “aproveitar as oportunidades da transição verde e digital”, recomendou Breton, sobretudo tendo em conta a “mudança nas necessidades de consumo” dos turistas, que hoje procuram “férias mais verdes, destinos com menos pessoas e mais próximos da natureza para deixar uma menor pegada ambiental”.

O “maior desafio” para os negócios do turismo é precisamente transformar estas mudanças de consumo dos turistas numa “oportunidade”, considerou.

O Fundo de Recuperação e Resiliência e o novo quadro orçamental da UE para 2021-2027, que representam um total de 1,8 biliões de euros, constituem “uma oportunidade sem precedentes” para os ministros do Turismo no reforço do setor.

“Na quarta-feira, a Comissão lançou um guia ‘online’ para ajudar as partes interessadas do turismo a navegar e aceder ao financiamento da UE para os próximos anos. Espero que isto chegue a tantos ministros do Turismo quanto possível”, disse o comissário.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.