Há agora 34.394 casos confirmados da nova infeção viral em todo o mundo. O número total de mortes subiu para 719, contabilizando uma em Hong Kong e outra nas Filipinas, as únicas duas fatalidades fora da China.

Desde o último balanço, na quinta-feira, registaram-se mais 81 mortes e 2841 casos de infeção deste surto na China que começou na cidade de Wuhan, na província central de Hubei. 

6.000 casais dão o nó em cerimónia coletiva. Apesar do coronavírus, há que prosseguir com o casório
6.000 casais dão o nó em cerimónia coletiva. Apesar do coronavírus, há que prosseguir com o casório
Ver artigo

Na Europa, foram detetadas novas infeções no Reino Unido, Alemanha e Itália, subindo assim o número de casos na Europa para 31.

O novo coronavírus (2019-nCoV) foi detetado em dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro), localidade entretanto colocada sob quarentena.

A primeira pessoa a morrer por causa do novo coronavírus fora da China foi um cidadão chinês nas Filipinas.

Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há outros casos de infeção confirmados em mais de 20 países. Na Europa, o número de casos confirmados chegou quinta-feira a 31, com novas infeções detetadas no Reino Unido, Alemanha e Itália.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou em 30 de janeiro uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional, o que pressupõe a adoção de medidas de prevenção e coordenação à escala mundial.

Veja o vídeo explicativo sobre a transmissão do vírus entre animais e humanos

Veja a expansão do coronavírus em imagens

Veja em baixo o mapa interativo com todos os casos de coronavírus confirmados

Se não conseguir ver o mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, siga para este link.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.