"O Ministério da Saúde ponderou a recondução dos atuais membros daquele Conselho, mas a presidente [Maria do Céu Machado] atingirá o limite de idade de exercício em funções públicas, em outubro próximo, o que desaconselha a nomeação para novo mandato", refere um comunicado divulgado pelo Ministério.

A tutela explica que o regime jurídico dos gestores públicos estabelece que estes se mantenham em plenas funções até à sua substituição.

O esclarecimento do Ministério da Saúde surge na sequência de uma notícia divulgada pelo jornal Público de que o Conselho de Administração da Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde (Infarmed) não iria ser reconduzido por mais três anos, apesar de a Comissão de Recrutamento e Seleção para a Administração Pública (Cresap) ter aprovado a continuação da liderança de Maria do Céu Machado, a presidente do conselho diretivo.

O conselho diretivo do Infarmed é integrado ainda por Rui Ivo, vice-presidente, e Sofia Oliveira Martins, vogal.

A pediatra Maria do Céu Machado foi nomeada para presidente da Autoridade do Medicamento em maio de 2017, tendo substituído no cardo Henrique Luz Rodrigues, que tinha atingido os 70 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.