A Câmara de Vale de Cambra e a Universidade Fernando Pessoa dinamizam nesse município um grupo de apoio dirigido a pais de crianças e jovens com deficiência ou incapacidade que visa reduzir o isolamento social dessas famílias.

A iniciativa começou por envolver uma formação com o título "Partilhas e Descobertas" e contou com a participação de oito pais que, em abril e maio, discutiram esse tema em reuniões periódicas com uma psicóloga e uma técnica do serviço social da Universidade Fernando Pessoa.

A vereadora da Ação Social na Câmara de Vale de Cambra, Elisabete Rocha, revelou à Lusa que a formação aborda "temas muito diversos, mas todos eles incisivos na temática da educação e formação parental". O objetivo "é sobretudo propiciar a partilha de ideias, sentimentos, opiniões, experiências e estratégias de superação de dificuldades".

A autarca declara que "a avaliação dos participantes foi extremamente positiva" e, anunciando a continuidade do grupo, garante que do encontro de pais e técnicos resultou a análise de "assuntos que, por vezes, parecem escondidos na família de cada um, mas que, partilhados e discutidos em conjunto, se afiguram mais fáceis e leves de lidar, o que ajuda a serem encarados e vencidos".

Elisabete Rocha acrescenta que nas reuniões do grupo de pais "Partilhas e Descobertas" houve ainda uma grande componente de trabalho individual, que, em vez de concentrada no trato da deficiência e da incapacidade física ou mental, privilegiou também a identidade pessoal do prestador de cuidados.

"Também procuramos promover a autoestima dos pais, a sua autoconfiança e estabilidade emocional, e o estabelecimento de relações de apoio positivas, que ajudem a reduzir o sentimento de isolamento social destas famílias", explica a vereadora.

O grupo de pais "Partilhas e Descobertas" surge na sequência do projeto "(In)diferenças", que, embora mais abrangente e aglutinador, continua a ter como finalidade principal o apoio a famílias que tenham no seu agregado familiar uma ou mais pessoas com deficiência ou incapacidade.

Resultando de um estágio da Universidade Fernando Pessoa no Município de Vale de Cambra, esse projeto propõe-se identificar, caraterizar e hierarquizar as necessidades dos pais e educadores que têm a seu cargo crianças e jovens com deficiência, no sentido de aferir a adequabilidade das respostas existentes na comunidade e equacionar novas respostas.

04 de junho de 2012

@Lusa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.