“O Conselho de Administração e a equipa médica do Serviço de Obstetrícia da ULS da Guarda não se têm poupado a esforços para evitar falhas nas escalas do serviço. Apesar de todo o esforço, irá ocorrer uma contingência que envolve o Bloco de Partos, a começar às 09:00 do dia 12 de setembro [segunda-feira] de 2022 e a terminar às 09:00 do dia 13 de setembro 2022 [terça-feira”, referiu a ULS em comunicado enviado à agência Lusa.

Segundo a fonte, “nos dias supramencionados manter-se-á o normal funcionamento do Serviço de Urgência Ginecológica e Obstétrica” e “mantém-se a Urgência Interna com normal funcionamento”.

A ULS da Guarda (que abrange 13 concelhos do distrito da Guarda, exceto o de Aguiar da Beira, que pertence ao Agrupamento de Centros de Saúde do Dão – Lafões) gere os hospitais da Guarda (Sousa Martins) e de Seia (Nossa Senhora da Assunção), e também 12 centros de saúde e duas unidades de saúde familiar (A Ribeirinha, na cidade da Guarda e a “Mimar Mêda”, na cidade de Mêda), abrangendo cerca de 142 mil habitantes.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.