O cidadão belga, que não apresenta sintomas, mas "deu positivo" nos dois testes de despite do coronavírus - no primeiro teste de deteção e no de controlo - viajou no A380 da companhia aérea portuguesa Hi Fly que repatriou os 18 portugueses da região de Wuhan, juntamente com mais duas cidadãos brasileiras e dezenas de outros europeus.

O Ministério da Saúde belga divulgou hoje que a pessoa está com boa saúde e não mostra qualquer sintomas da doença. Esta pessoa estava entre os nove belgas repatriados de Wuhan, China, que ocorreu neste fim de semana.

Hospital de Wuhan construído em 10 dias já começou a receber os primeiros doentes
Hospital de Wuhan construído em 10 dias já começou a receber os primeiros doentes
Ver artigo

O paciente infetado foi levado para um hospital especial para mais cuidados, enquanto os outros repatriados permanecem sob observação.

O avião que transportava cerca de 250 cidadãos europeus saiu às 23h00 de sábado da cidade chinesa que está de quarentena. A viagem durou cerca de 14 horas. A aterragem ocorreu pelas 13h30 (hora de Lisboa), numa base aérea de Marselha. Depois disso, os 18 portugueses e duas cidadãs brasileiras foram transportados para Lisboa num voo da Força Aérea Portuguesa.

A China elevou hoje para 426 mortos e mais de 20.400 infetados o balanço do surto de pneumonia provocado por um novo coronavírus (2019-nCoV) detetado em dezembro passado, em Wuhan, capital da província de Hubei (centro), colocada sob quarentena.

A primeira pessoa a morrer por causa do novo coronavírus fora da China foi um cidadão chinês nas Filipinas. Além do território continental da China e das regiões chinesas de Macau e Hong Kong, há mais casos de infeção confirmados em mais de 25 países.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou na quinta-feira uma situação de emergência de saúde pública de âmbito internacional, o que pressupõe a adoção de medidas de prevenção e coordenação à escala mundial.

Veja em baixo o mapa interativo com todos os casos de coronavírus confirmados

Se não conseguir ver o mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, siga para este link.

Veja a cronologia da expansão do coronavírus em imagens

Veja o vídeo: Como é que o coronavírus passou de animais para humanos?

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.