De acordo com a nota, o tabaco estava dissimulado num contentor com rolos de fio de polyester que embarcou no porto de Port Klang, na Malásia, tendo chegado ao porto de Lisboa, após transbordo em Roterdão, Holanda.

As autoridades aduaneiras classificaram o contentor de “risco elevado”, pelo que foi desencadeada uma operação especial com elementos da Autoridade Tributária e da GNR, que culminou na apreensão de 1.432 caixas de tabaco num armazém situado no concelho de Vieira do Minho.

No âmbito da operação foram ainda detidos três indivíduos, com idades entre os 31 e os 53 anos.

Segundo o comunicado, com esta apreensão evitou-se a evasão do pagamento ao Estado de cerca de 1,3 milhões de euros em impostos e taxas aduaneiras.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.