Trabalhar as coxas, gémeos, abdominais e tricípites.
Conseguirá fazer tudo isto se
saltar à corda regularmente, como muito provavelmente fazia durante os seus tempos de infância.


Apesar de parecer um exercício
simples, «numa fase inicial,
exige coordenação, condição
cardiovascular, uma elevada
dose de concentração e espírito
de pugilista», acrescenta Bruno
Brito, personal trainer.

Para que
perca cerca de 2.500 calorias em sete dias,
o especialista sugere, a título de
exemplo, que uma mulher com
cerca de 55 quilos salte cerca de
37 minutos por dia, repartindo
este tempo por dois treinos diários. Estes são os três exercícios que deve fazer. Pronta para começar?

Exercício 1: Salto com corda unilateral

1. Dobre a corda ao meio e
segure-a com uma mão.

2. Comece a rodar o braço e,
sempre que ouvir a corda bater
no chão, dê um salto. O som
da corda a bater no chão deve
definir o ritmo a que salta.

3. Faça este exercício durante
30 segundos e troque de braço.

Exercício 2: Salto a dois tempos

1. Agarre nos cabos da corda
com ambas as mãos e comece
a saltar dando dois saltos antes
da corda dar a volta, ou seja,
tal e qual como fazia quando
era criança, num compasso
cadenciado. Numa primeira fase
vai sentir alguma dificuldade em
prolongar o exercício, pelo que
30 a 45 segundos é um bom
desafio.

2. Depois, vá aumentando
o tempo até conseguir saltar
durante três minutos, sem parar.

Exercício 3: Salto com corrida

Em vez de saltar pousando
os dois pés no chão ao mesmo
tempo, faça-o com um de cada
vez. Enquanto um pé está em
cima, o outro deve estar apoiado
no chão. Este desafio é mais
exigente a nível cardiovascular
e de coordenação, pelo que deve
ser feito de 30 a 45 segundos
e, posteriormente, aumentado
de forma gradual.

No final, dedique pelo menos 45 segundos a alongar-se:

- Deite-se num tapete, de
barriga para cima e segure
a corda com as mãos.

- Entrelace-a à volta de um dos
pés e estique-o o máximo que
conseguir, sentindo pressão na
corda. Insista e desça a perna.

- Troque de perna, faça o
mesmo e, depois, repita o
alongamento com as duas
pernas simultaneamente.

Conselho para iniciadas

Todos e quaisquer
sintomas e dores nos pés,
joelhos, bacia ou coluna
(lombar, dorsal e
cervical) devem ser tidos
em conta antes de iniciar
o treino. O impacto
repetido dezenas de
vezes pode agudizar
dores e patologias. Numa fase inicial,
salte, no máximo,
durante 10 minutos
intervalados com
exercícios de
agachamento simples
e flexões de braços,
por exemplo.

Texto: Madalena Alçada Baptista com Bruno Brito

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.