Caminhar 10 mil passos por dia, o equivalente a oito quilómetros, tornou-se moda nos anos 60 do século passado, mas não parece ser a forma mais eficaz de rentabilizar o tempo e o exercício físico.

Os 10 desportos que queimam mais calorias
Os 10 desportos que queimam mais calorias
Ver artigo

Um teste conduzido pelo cientista Rob Copeland, da Universidade de Sheffield Hallam, no Reino Unido, concluiu que três caminhadas rápidas de dez minutos por dia apresentam melhores resultados do que os tais 10 mil passos seguidos.

Para esse estudo foi recrutado um conjunto de voluntários equipados com monitores de atividade que foram divididos em dois grupos: um para percorrer dez mil passos por dia e outro para caminhar três sessões de dez minutos a passo rápido, o equivalente a dois quilómetros e meio.

Maior frequência cardíaca, maior benefício

No final da experiência, os investigadores analisaram os dados recolhidos e concluíram que o grupo que caminhou três vezes dez minutos teve mais 30% de "atividade física moderada a vigorosa" do que o grupo dos oito quilómetros.

Na verdade, o estudo conclui que, apesar de terem caminhado menos tempo e menos quilómetros, o aumento da frequência cardíaca gerado pelo aumento da atividade foi mais benéfico no caso do grupo que fez as três sessões de 10 minutos.

"O que nós queríamos era fazer os vossos corações bater mais depressa. Há provas que mostram que isso pode reduzir o risco de diabetes, doenças cardiovasculares e alguns tipos de cancro", referiu o especialista citado pela BBC.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.