Dores, inchaços e problemas articulares influenciam drasticamente a qualidade de vida de quem com estes convive. Por vezes desvalorizados numa fase inicial, os sintomas podem agravar-se com o avançar do tempo, tornando o quotidiano de quem vive com uma DII ainda mais difícil.

No sexto episódio da sexta temporada de Dar a Volta à DII, debruçamo-nos sobre o que deve ou não ser feito quando surgem as dores articulares e a que sinais se deve estar atento.

Os estudos mostram que uma em cada cinco pessoas com Doença de Crohn ou Colite Ulcerosa acaba por vir a sofrer de artrite e outros problemas nas articulações, não raras vezes incapacitantes, sendo que, em alguns casos, estas manifestações revelam-se ainda antes da própria doença inflamatória.

Mãos, joelhos e coluna, bem como a região da bacia, acabam por ser as partes do corpo mais afetadas.

Com a ajuda do médico Tiago Meirinhos, procurámos responder a estas e outras questões que, segundo o reumatologista, devem ser abordadas pelas pessoas que passam por estas situações com o(s) médico(s) que as acompanha(m).

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.