Se o seu estado de saúde é normal, o nível de cansaço que sente depende essencialmente de... si! Isto não significa que não tenha compromissos que o justifiquem, mas se anda muito cansado, algo não está bem e é provável que seja o valor que atribui ao descanso. Antes de mais, é essencial que se mentalize que descansar não é um luxo reservado a quem tem vida para isso, é um cuidado de saúde básico e essencial, uma tarefa a incluir literalmente na sua agenda, todos os dias. Para potenciar o seu bem-estar, terá de adoptar estratégias para conseguir cansar-se menos ou descansar mais. Estes são os passos a seguir:

1º passo: Conheça-se a si mesmo

Tente ser o mais honesto possível e escreva as respostas que encontrar para as seguintes perguntas-chave:

- Qual é o motivo para me sentir cansado?
- Estou a exigir demasiado de mim?
- Estou a descansar o suficiente para as minhas necessidades?

2º passo: Passe à critica

Para combater a fadiga, terá de gastar menos energia ou aumentar os seus níveis energéticos. A terceira alternativa, a ideal, será adoptar os dois tipos de medidas de forma complementar. Estes são os comportamentos a adotar para o conseguir:

- Defina prioridades

Realize primeiro as tarefas mais urgentes e importantes. Se  verificar que não está a ser realista, reduza o número de tarefas ou funções

- Reveja os seus métodos de trabalho

Faça uma autoanálise reveja comportamentos. Por exemplo, defina prazos para realizar cada tarefa e seja rigoroso a cumpri-los. Para o conseguir, deixe de ser perfeccionista.

- Faça pausas regulares quando notar que está a perder rendimento

A maioria das pessoas tende a redobrar o esforço perante essa constatação, o que é contraproducente

Veja na página seguinte: Outras estratégias a ter em conta para potenciar o seu bem-estar

Outras estratégias a ter em conta para potenciar o seu bem-estar

Para conseguir reduzir os seus níveis de cansaço, pode, ainda, experimentar as seguintes estratégias:

- Adquira hábitos de auto-observação para conhecer os seus limites e saber quando está prestes a ultrapassá-los

- Aprenda a dosear o esforço de modo a não passar por picos da atividade esgotantes. Trabalhe mais como um corredor de fundo do que como um sprinter

- Pratique o repouso militante. Obrigue-se a descansar, por mais que esteja absorvido pelas tarefas. No início das férias, obrigue-se a dormir. Durante a noite e uma sesta durante o dia, se necessário

- Pratique exercício físico moderado com regularidade. Ao contrário do que possa pensar, vai ajudá-lo a sentir-se com mais energia, já que gera uma espécie de ciclo vicioso de energia, uma vez que aumenta a motivação e potencia a criatividade, o empreendedorismo, o humor, o otimismo, o ânimo e o prazer de viver. Mesmo que não goste de ginásios, pode obter benefícios caminhando a passo rápido 30 minutos por dia

- Consuma alimentos ricos em vitamina C (citrinos, kiwi, pimento, salsa, couve-flor, brócolos, morangos), vitamina E (óleos vegetais e gérmen de trigo, nozes, sementes, grãos inteiros, vegetais de folhas verdes) e vitaminas do complexo B (carne, peixe, ovos e cereais), fundamentais para a vitalidade, imunidade e dinâmica do organismo

Texto: Rita Miguel com Vítor Rodrigues (psicólogo clínico e ex-presidente da EUROTAS - Associação Transpessoal Europeia)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.