A entrega de prémios decorreu no passado dia 2 de Julho, numa cerimónia no Castelo do Sabugal.

Destaque para o Marquês D’ Almeida Grande Reserva Branco 2015  considerado o melhor vinho DOC a concurso.

A marca Marquês D’Almeida, nasceu há três anos, por pressão do mercado no consumo cada vez maior dos vinhos desta região, e vence pela segunda vez o "Melhor vinho da Beira Interior".

“Há três anos que apostámos na região da Beira Interior, onde temos vinhas de família. Ficamos extremamente satisfeitos por conseguir vinhos reconhecidamente de grande qualidade. É uma marca muito jovem, mas já mostrou o seu potencial, o Marquês d"Almeida nas suas três primeiras colheitas, é vencedora de mais duas medalhas de ouro, e ainda o melhor pontuado de todos neste concurso. Conseguimos um perfil fresco, tendo em conta o seu terroir.”, afirma Celso Roboredo Madeira, fundador da marca.

O Marquês D’ Almeida Reserva 2015 é produzido através de uvas provenientes de uma vinha velha em Santa Maria, vinificadas na adega da Quinta das Marvalhas, situada na Beira Interior.  É um vinho novo de cepas velhas. No nariz, possui um aroma muito fresco com fruta cítrica em harmonia com ligeiras nuances florais e fortes notas minerais típicas deste terroir.

Neste concurso participaram 81 vinhos, entre tintos, brancos ou rosés, vinhos espumantes e vinhos frisantes, certificados como DOC Beira Interior ou como Vinho Regional Terras da Beira, das colheitas efetuadas entre os anos de 1999 a 2015. O júri convidado, composto por 15 especialistas na área, foi presidido pelo crítico de vinhos Aníbal Coutinho. Foram entregues nesta edição onze medalhas de ouro e catorze de prata.

Marquês D’Almeida Grande Reserva Branco 2015 considerado o melhor DOC da Beira Interior

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.