Um dos eventos mais doces do ano comemora este 2019 a sua 18ª edição. A Feira Nacional de Doçaria Tradicional regressa com o outono a Abrantes e traz dezenas de acepipes gulosos à Esplanada 1º de Maio da localidade ribatejana.

Uma festa onde vão marcar presença, para além da anfitriã Palha de Abrantes, doces como as Malassadas e Bolos Levedos dos Açores; o Pão de ló de Margaride e o de Ovar; as Brisas do Tâmega e Queijadinhas de S. Gonçalo de Amarante; os Ovos Moles de Aveiro; os Pastéis de Tentúgal; as Cornucópias de Alcobaça; os Pastéis de Feijão e o Bombom de Figo Negro de Torres Novas; os Queijinhos do Céu de Constância; os Coscoréis da Sertã; os Rebuçados de Ovo do Alto Alentejo, o Bolo Fidalgo, o Pão de Rala e a Sericaia, entre outras iguarias do Alentejo.

Nas novidades deste certame, surge o Pastel do Curral, vindo da Madeira, e o regresso dos sabores da Serra da Gardunha, refletido nas compotas e licores.

A par das Tigeladas, da Palha de Abrantes, das castanhas doces e das broas fervidas e de outros doces transversais ao território nacional, como são o Pão de Deus, o Toucinho do Céu, Barriga de Monge e de Freira, Cavacas, Suspiros, Broas, entre outros, juntam-se bolachas, licores, mel e derivados, marmeladas e compotas.

Há 14 doces maravilhosos à conquista do pódio dos melhores de Portugal. Conheça-os um a um
Ovos Moles de Aveiro (distrito de Aveiro)

À ementa estarão associadas várias atividades, como oficinas de doçaria, animação infantil, exposições, música e práticas desportivas associadas à temática.

Aprender receitas tradicionais ou a inovar, utilizando produtos da região são os intuitos das oficinas de doçaria, que este ano se realizam no último andar do Mercado Diário de Abrantes.

A primeira será no sábado, às 10h30, sobre as broas de batata-doce, da Pastelaria Palha de Abrantes. Pela tarde, às 16h00, a oficina será dada pela Escola EB 2,3/S de Mação. E, no domingo, a formação será dinamizada pela EPDRA - Escola Profissional de Desenvolvimento Rural de Abrantes, às 10h30. As inscrições fazem-se no site da TAGUS.

Nos espetáculos musicais, esta edição, será dedicada à música tradicional portuguesa com a abertura da feira, no dia 25 de outubro, pelo grupo de Cavaquinhos do Orfeão de Abrantes. Nesse dia haverá, também, às 21h30, atuação do Cant’Abrantes. No sábado, dia 26, a noite será com os MONDA, um grupo que pegou nos tradicionais sons do Cante alentejano e harmonizou-os com as novas tendências musicais, aproximando-os das sonoridades universais da World Music.

A Feira Nacional de Doçaria Tradicional, organizada pelo Município de Abrantes, em colaboração com a TAGUS – Associação para o Desenvolvimento Integrado do Ribatejo Interior, realiza-se desde 2002.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.