O município de Caminha, no Alto Minho, avançou com uma medida para atrair visitantes nesta fase de desconfinamento que vivemos após semanas de estado de emergência associado à pandemia COVID-19.

Desta forma, a autarquia está a “oferecer um almoço ou um jantar a todas as pessoas que se hospedarem num hotel ou turismo de habitação do concelho”.

A regra para aceder a esta campanha promocional “é simples”, informa o município: “cada pessoa que reservar uma noite num hotel do concelho, tem direito a um voucher, no valor de 15 euros, que pode utilizar num dos restaurantes do concelho que aderiram à iniciativa”.

Este projeto de atração de turistas para o território, inicia-se com nove unidades de hospedagem (hotéis, aldeamentos turísticos e casas de turismo de habitação), cuja lista pode ser consultada aqui e envolve 30 restaurantes.

De acordo com Miguel Alves, presidente da autarquia, “perante uma situação excecional, criamos medidas excecionais. A ideia é poder chamar a atenção para a nossa terra, ter uma medida distintiva, sublinhar a nossa hospitalidade e oferecer uma refeição a quem se dispuser a passar uns dias, no mês de junho, nos hotéis do nosso concelho”.

Esta iniciativa resulta do plano de atração de turistas que o Município preparou para este período pós pandemia e envolve outras ações que serão anunciadas em breve.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.