Pelo segundo ano consecutivo, o azeite extra virgem Early Harvest do produtor alentejano Mainova alcançou a medalha de ouro no Dubai Olive Oil Competition,  certame que avalia os melhores azeites de colheita antecipada do Mundo. Azeite obtidos a partir da primeira colheita de azeitonas, quando estas se apresentam no ponto ideal de maturação.

A marca portuguesa, lançada em junho de 2020, foi a única referência nacional a conquistar a medalha de ouro entre centenas de congéneres provenientes de outros países produtores de azeite como Espanha, Grécia, Itália, França e Jordânia.

Elaborado em regime de produção integrada a partir de azeitonas verdes (variedades Cobrançosa, Cordovil e Picual) colhidas no início da época, em outubro de 2020, o Early Harvest da Mainova "apresenta sabor frutado verde intenso, amargo e picante", de acordo com notas de prova do produtor.

Azeite português alcança medalha de ouro em concurso internacional
créditos: Mainova/Amuse Bouche

Ainda de acordo com a mesma fonte, "de forma a bloquear a entrada da luz, um dos fatores que mais pode influenciar na qualidade do azeite, o Early Harvest é embalado numa garrafa de grés de vidro reciclado produzida em Portugal e acompanhado de uma rolha doseadora, que permite medir doses exatas".

O azeite extra virgem Early Harvest está à venda no site oficial da Mainova a partir de 15,95 euros (500 ml).

Marca portuguesa de vinhos e azeite-extra virgem, a Mainova é um projeto familiar liderado por Bárbara Monteiro, a mais nova de três irmãs que decidiu estabelecer-se na Herdade da Fonte Santa, situada no Vimieiro, em pleno Alto Alentejo. A marca aposta numa abordagem sustentável, apostando em regimes de produção biológicos e integrados.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.