- Antes de congelado o peixe deve ser livre de vísceras e escamas;

- O peixe deve ser muito bem lavado e todos os objectos de cozinha que contactam com a peça devem estar desinfectados para evitar contaminações;

- Pode congelar-se o peixe por inteiro, em postas ou em filetes. A congelação deve ser um processo muito rápido pelo que se devem evitar postas grossas;

- Para evitar a contaminação por outros alimentos e o contacto com o ar, o peixe a congelar deve ser acondicionado em sacos hermeticamente fechados;

- Deve escrever-se na embalagem o nome do peixe, a data de congelação e o número de porções;

- Não se deve conservar por mais de três meses as espécies magras e dois meses as espécies gordas.

Para descongelar:
- O peixe não se descongela em locais quentes;

- Peixes de pequena dimensão podem ser cozinhados ainda congelados;

- Um peixe descongelado não deve ser de novo congelado. O seu consumo deve ser imediato.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.