Em setembro de 2021, na Ilha Terceira, nos Açores, abriram as portas da Oficina da Esquina, na cidade de Angra do Heroísmo, Património Mundial da UNESCO. Inserido no hotel The Shipyard, propriedade de um terceirense de alma e coração, Raimundo Borges, este restaurante nasce do encontro de vontades entre o empresário e o chefe de cozinha Vítor Sobral em 2019, antes da pandemia. Dois anos depois, concretizou-se a meta de dotar a ilha Terceira com um projecto diferenciador.

No lugar das antigas oficinas da Câmara Municipal nasceram um hotel, o The Shipyard, e um restaurante, a Oficina da Esquina, inspirados na ligação ao mar e no imaginário dos paquetes e dos iates. Esta foi uma das principais âncoras deste projeto, que quer alargar a proposta gastronómica da ilha em matéria de diferenciação. O peixe fresco, pescado no dia, é um dos protagonistas naturais da carta da Oficina da Esquina.

À semelhança das outras Esquinas criadas há mais de dez anos, em Portugal continental e no Brasil, a aposta é na cozinha regional, tradicional e lusófona.

Tártaros, marinados, moquecas e arrozes de peixe são algumas das propostas do chefe, sendo a quase totalidade dos produtos usados proveniente dos Açores.

“Vou aproveitar e valorizar os belíssimos produtos da Terceira, o cherne, o lírio, as lapas, as batatas, a manteiga, o leite, a carne de qualidade superior, e apresentar pratos inovadores”, afirma Vítor Sobral.

Oficina da Esquina

Avenida Infante D. Henrique, Angra do Heroísmo

Horários: almoços de terça a sexta, das 12h00 às 15h00; sábados das 13h00 às 15h00 e domingos das 13h00 às 16h00. Jantares de terça a sábado das 19h00 às 23h00. Encerra à segunda-feira e domingo à tarde.

Contactos: tel. 295 101 522

O princípio da sustentabilidade também se aplica neste restaurante, como em todas as Esquinas do chefe. Na carta haverá bochechas de porco, língua de vaca e chispe de porco, para dar um exemplo de aproveitamento, e muitas opções como a carne de vaca dos Açores. Há ainda espaço para mais surpresas, como o tártaro de novilho, assim como os muitos queijos da ilha. A carta de vinhos é outro dos pontos fortes do restaurante. Os vinhos nacionais de topo, em particular os açorianos, têm lugar de destaque, mas há também vinhos franceses, espumantes, Madeiras e Portos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.