Jeremy Meeks, que ficou conhecido como o criminoso sexy depois de os agentes da polícia de Stockton, na Califórnia, nos Estados Unidos da América, divulgarem a sua fotografia, que rapidamente se tornou viral, horas depois de o terem prendido por assalto à mão armada, em 2014, acaba de anunciar o lançamento de coleção de roupa com o seu nome. As primeiras peças idealizadas e desenvolvidas pelo modelo norte-americano já podem ser adquiridas online.

No verão passado, o manequim de 36 anos assinou um contrato de 15 milhões de dólares, cerca de 13,8 milhões de euros, com a empresa alemã Fashion Concept GmbH para produzir uma etiqueta de moda. "Com desenvolvimentos têxteis inovadores e com um design único, a Jeremy Meeks materializa o espírito do seu tempo", afirma o criador, que tem desfilado para criadores como Philip Plein e dado a cara e o corpo por marcas como a Auden Cavill e a Jimmy Sanders.

Em comunicado, a companhia justificou o convite a Jeremy Meeks com "a necessidade de se abrir a novas perspetivas", informando que o investimento na marca do manequim é uma das estratégias de um plano "que pretende mudar a indústria da moda", dando-lhe a oportunidade de "conseguir mais publicidade" e de poder "chegar, assim, a uma audiência maior". "Depois de publicitar outras marcas, estou entusiasmado por lançar finalmente a minha", refere o modelo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.