Não há duas sem três! Depois de já ter dispensado Oliviero Toscani, o profissional que assina algumas das fotografias mais emblemáticas das campanhas publicitárias da marca United Colors of Benetton, por duas vezes, Luciano Benetton, o atual presidente da Benetton, um dos cofundadores da empresa, voltou a despedi-lo. Em causa estão as declarações do fotógrafo italiano à imprensa na sequência da queda de um viaduto em Génova a 14 de agosto de 2018.

"Quem é que se importa se uma ponte cair?", respondeu Oliviero Toscani depois de lhe perguntarem que papel é que Luciano Benetton, acionista de Atlantia, que tem como filial a Autostrade per l'Italia, a entidade responsável pela gestão do viaduto. O acidente vitimou, na altura, 43 pessoas e as palavras do fotógrafo de 77 anos não agradaram à opinião pública e, temendo repercussões no negócio, o presidente da Benetton não esteve com meias medidas.

Luciano Benetton e Oliviero Toscani, que estiveram desavindos por duas vezes, tinham feito as pazes há apenas três anos. "Tenho grandes planos em marcha. Vou, finalmente, dedicar-me àquilo de que gosto sem ter de defender pontes. Agora, não tenho de defender ninguém, só a mim mesmo. Libertei-me", desabafou, entretanto, publicamente o fotógrafo, que gerou polémica com muitas das fotografias que usou nas campanhas publicitária da etiqueta de moda.

Benetton
Benetton deixa de trabalhar com Oliviero Toscani. Declarações do fotógrafo não agradaram à administração da empresa

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.